18 de novembro de 2014

Por que amamos tanto o Sr. Darcy?



Gente, todo mundo que passa por aqui já sabe que eu e Malu somos ardentemente apaixonadas por Fitzwilliam Darcy, par romântico de Elizabeth Bennet (ô mulher sortuda!), do livro "Orgulho e Preconceito" , de Jane Austen.
Mas a verdade é que quando perguntam para gente porque que a gente ama tanto esse homem, a gente não sabe responder...
Ele é arrogante, se acha superior, é esnobe, mas mesmo assim a gente ama. E por que?
Foi exatamente isso que a Carina Rissi tentou explicar em um texto brilhantemente escrito lá no blog da Editora Verus. Eis alguns trechinhos:



"Quer dizer, “tolerável”, Darcy? Sério? Existem muitas coisas que uma garota quer ouvir de um cara. “Seu cabelo é lindo.” “A cor dos seus olhos é única.” “Seu rosto não me sai da cabeça.” “Você é tolerável” não é uma delas!"



"Ele não é de todo ruim. O cara manda bem na escrita. Ele escreve cartas como ninguém. E quanto a Pemberley? Ora, vamos ser francas, ninguém sonha com um príncipe encantado cheio de perrengues financeiros. Já temos nossa cota de pobreza, muito obrigada. Não há necessidade de esnobar um cara só porque a situação financeira dele é melhor que a sua."

Por aí já dá para perceber que o texto é muito legal, não?
Então aproveita e confere o texto completo aqui.

E aproveitando que estou falando da Carina Rissi, queria dizer que acabei de ler "Perdida", já estou na metade de "Encontrada" e logo, logo, vou fazer uma resenha dupla dizendo porque amei esses dois livros. (Não preciso ler o segundo inteiro para saber que vou amar, porque o primeiro é tão apaixonante que o segundo só pode ser mais incrível ainda). 
Aliás, mandei um email para ela e ela foi super fofa ao me responder! Adorei!

É isso por enquanto. Espero que se divirtam com o texto! ;)



Até a próxima!

6 comentários

  1. Oi, Ju!

    Ainda não li "Orgulho e Preconceito", acredita? Faz tempo que ele me espera na estante e ainda não o li. Mas um dia dá certo.

    De fato, essas posturas esnobes acabam conquistando e incentivando, é uma antítese incontrolável, quanto mais nos ignoram, mais atraentes se tornam. Digo, no caso da mocinha do livro, no seu caso e no caso de Malu, no meu certamente não. hahaha

    Beijos! :D

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. hahahahaha Oi Raimundo!
      Pois é... Somos fracas! hahaha
      Fazer o que... Mas independente de nosso amor por Darcy, Orgulho e Preconceito é um livro maravilhoso, um clássico da literatura inglesa e aborda tantos temas que ainda hoje estão em voga, que não à toa continua atual, mesmo depois de 200 anos.
      Quando surgir a oportunidade, leia-o. Não há arrependimentos ao fazê-lo.
      Bjoss e obrigada por estar sempre presente por aqui!

      Excluir
    2. Ju, ainda há esperança!

      Começando a leitura.

      Beijos!

      Excluir
  2. Ju,

    Por que amamos tanto o Sr. Darcy? Ai ai.. Porque ele deixou o amor falar mais alto que o orgulho, seria o primeiro motivo! rs
    A Carina é uma linda, né? Amei o carinho com que ela respondeu seu email!!! :)
    Bom, como falei pra vc no whats, tô doidinha pra ler "Perdida", mas a avon resolveu me boicotar! Vou esperar suas resenhas ansiosa!!!
    Adorei o post, viu? A cada dia fico mais feliz por você ter topado fazer o T&R comigo! Obrigada!! Beijos!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Malu, o T&R era um sonho que eu alimentava, mas faltava água para fazer essa sementinha crescer. Você veio, arou a terra e regou e nossa plantinha tá aqui, crescendo aos pouquinhos e me trazendo uma alegria de fazer alguma coisa que eu não sentia há tempos. Então, eu é que agradeço você!
      E quanto aos livros da Carina, é simplesmente impossível de parar. Terminei o "Perdida", já tô pra lá da metade do "Encontrada" e já, já as resenhas deles dão as caras por aqui.
      Tô amando mesmo Ian e Sofia. Acho que você vai amar também!
      Bjoss

      Excluir