25 de janeiro de 2015

Totalmente sedutor - Resenha de "Sedução ao Amanhecer", de Lisa Kleypas

Créditos na Imagem


Título: Sedução ao Amanhecer
Autor: Lisa Kleypas
Tradução: Livia de Almeida
Editora: Arqueiro
256 páginas
Livro 2 da série Os Hathaways

Sinopse: O cigano Kev Merripen é apaixonado pela bela e bem-educada Win Hathaway desde que a família dela o salvou da morte e o acolheu, quando era apenas um menino. Com o tempo, Kev se tornou um homem forte e atraente, mas ainda se recusa a assumir seus sentimentos por medo de que sua origem obscura e seus instintos selvagens prejudiquem a delicada Win. Ela tem a saúde fragilizada desde que contraiu escarlatina, num surto que varreu a cidade. Sua única chance de recuperação é ir à Franca, para um tratamento com o famoso e bem-sucedido Dr. Harrow. Enquanto Win está fora, Kev se dedica a coordenar os trabalhos de reconstrução da propriedade da família, em Hampshire, transformando-se num respeitável administrador, mas também num homem ainda mais contido e severo. Anos depois, Win retorna, restabelecida, mais bonita do que nunca... e acompanhada por seu médico, um cavalheiro sedutor que demonstra um óbvio interesse por ela e desperta o ciúme arrebatado de Kev. Será que Win conseguirá enxergar por baixo da couraça de Kev o homem que um dia conheceu e tanto admirou? E será que o teimoso cigano terá coragem de confrontar um perigoso segredo do passado para não perder a mulher da sua vida?

Olá pessoal!
Terminei nesta madrugada a leitura do segundo livro da série "Os Hathaways",e aqui estou eu para lhes dizer o que achei.
Como eu comentei na resenha do primeiro livro, "Desejo à Meia-Noite", a história de WIn e Kev me chamou tanto a atenção, que obscureceu Amelia e Cam, que eram o casal principal do momento e fez com que eu não ligasse tanto para eles porque queria saber da história paralela da irmã. Coisa que não acontece neste segundo livro, já que a história dos dois é forte e não some atrás das paralelas.
Eu gostei muito mais deste segundo livro. Achei que a história de Win e Kev foi muito melhor construída e até mesmo as aparições de Cam e Amelia foram bem mais interessantes aqui do que no primeiro livro. 
Neste livro, WIn se afasta por um tempo para cuidar da saúde e é neste tempo de afastamento que tanto ela quanto Kev tomam consciência da dimensão do sentimento que nutrem um pelo outro. E apesar de Win achar que uma vez que ela ama e é amada, tudo é muito simples e pronto, ela percebe que vai ter que lutar contra duras convicções e cicatrizes que a vida causou em seu amado para que eles possam viver felizes.

"Seu coração é meu, pensou ele com intensidade selvagem. Pertence a mim"

Paralelamente, Lisa nos leva para conhecer os mistérios que envolvem Cam e Kev, o mistério de suas tatuagens e o que elas significam. Adorei essas partes! E ainda temos a sugestão de uma nova história de amor que começa a se desenvolver em forma de aversão com outro dos Hathaways. Sabe aquela história que a gente já conhece bem, de "quem desdenha quer comprar"? Tudo indica que mais para frente teremos algo assim.
O apelo sexual continua forte, mas dessa vez eu achei que foi mais aceitável, não pelos padrões da época (porque está totalmente fora, como costuma ser nesse tipo de livro), mas pela história dos dois,que demoraram a vida inteira para tomar uma atitude.

"Quando se afastou, Win sentiu um nó na garganta. Então pensouo que Kev Merripen era o homem mais irritante que existia. Era egoísta, recusava-se a ter um relacionamento com ela mas também não a deixava se aproximar de mais ninguém. E conhecendo a teimosia dele, essa situação provavelmente se manteria por anos. Para sempre. Não podia viver desse jeito."

Não tem jeito, gostei muito mais da história deste livro do que do primeiro. Kev tem uma postura mais selvagem , uma espécie de leão que tenta domar sua natureza e não consegue o tempo todo, coisa que eu achei mais interessante para um personagem cigano que teve as condições de vida que ele teve. Achei mais sedutor que o Cam. E gostei muito também da postura da própria Win, que voltou curada e determinada a nunca mais ser tratada como uma inválida. E colocar um rival na cola do Kev era tudo o que faltava para pôr fogo nessa relação.
Como comentei ali em cima, mais uma vez as histórias paralelas me chamaram a atenção. Dessa vez, Leo me prendeu. E estou louca para chegar na história dele logo. Mas pelo que vi aqui, Poppy é a próxima, então só me resta esperar que ela consiga me prender na vez dela para que eu não leia pensando no Leo.

"Amo você ... o fascinante conjunto de coisas que você é... E quero você por mil motivos ao mesmo tempo... Amo você como é agora e também como será nas décadas que virão, cada vez mais linda.Amo você por ser a resposta para todas as perguntas que meu coração poderia fazer.

Adorei tudo neste livro. O romance dos dois, as coisas lindas que ele fala para ela, as histórias em volta, a revelação dos mistérios de Cam e Kev, o rival, tentativa de assassinato... é um livro bem agitado e como não poderia ser diferente, a gente não tem vontade de parar de ler até chegar ao fim. O começo da história pode parecer um pouquinho lento, até por conta da separação dos dois, mas não se engane. Melhora muito quando Win volta com um potencial rival a tiracolo.
Agora vou começar o terceiro e ver o que mais os Hathaways preparam para nós.
Por hoje é só!
Até a próxima!

2 comentários

  1. Eu adoro a série, mas acho a Win meio chatinha.....srsrsrsrs, o que eu mais gosto é o da Poppy
    bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Estou adorando a série também. O problema é que me desvio para as histórias de fundo! hahah
      Já tô chegando na Poppy, vamos ver o que eu vou achar!
      Seja sempre bem vinda ao blog!

      Excluir