27 de agosto de 2014

Identificação Imediata - Resenha de "Tamanho 42 Não é Gorda", de Meg Cabot




Título: Tamanho 42 Não é Gorda (Size 12 is not fat )
Autor: Meg Cabot
Tradução: Ana Ban
Editora: Galera Record
416 páginas

O título da resenha já diz tudo: me identifiquei imediatamente com este livro. A começar pelo título, que é tudo o que alguém que usa tamanho 42 - tipo eu - quer ouvir. E mais alguns aspectos que vou descrever no decorrer deste texto.

Meg Cabot, autora da série "O Diário da Princesa", nos apresenta a Heather Wells, uma ex-cantora pop que fez muito sucesso na adolescência e que hoje é apenas uma diretora assistente em um conjunto residencial estudantil, tentando ganhar uma bolsa para entrar na faculdade de Nova York.

Heather tem 28 anos - mais um ponto em comum comigo - e foi traída pelo ex-noivo Jordan, e hoje mora com o irmão dele, Cooper; o homem que atualmente ocupa todos os espaços nos seus sonhos.

Tudo corre bem em seu emprego, até que duas garotas morrem após supostamente fazerem surf de elevador. Mas Heather não acredita nessa hipótese, devido ao perfil das garotas e, com a ajuda de Cooper começa a investigar as circunstâncias misteriosas sobre a morte das mesmas.

Meg cabot é incrível. Já a adorava pelo Diário da Princesa, mas com  Heather é simplesmente genial. A personagem é muito engraçada e muito irônica sobre sua própria situação e o humor presente em suas frases é contagiante. Eis algumas das boas partes que separei:

"E depois, não sei como é que alguém pode achar um cigarro melhor do que uma barra de chocolate Butterfinger, então, se você vai fazer alguma coisa que não é boa para você, por que não escolher uma delícia crocante com amendoim?"

“E não vou começar a comer salada sem molho se é o que eu preciso fazer para conseguir um homem... Não estou assim tão desesperada”

Essas são só duas das frases geniais entre as inúmeras pérolas que Heather tem para nos oferecer. Se você usa tamanho 42, está um pouquinho acima do peso, não se encaixa nos padrões de beleza impostos, ou se é só guloso mesmo, vai saber se encontrar nesse livro em vários momentos.

Eu me identifiquei não só pela idade e pelo tamanho 42, mas porque Heather, apesar de ter 28 anos, tem suas inseguranças, seus momentos de imaturidade, ela está acima do peso, tem medo de ser rejeitada porque o ex-noiva a traiu, enfim... ela é tão normal quanto nós, meros mortais.

A história é muito bem desenvolvida, temperada com o humor da personagem principal, suas inseguranças e pequenas loucuras e detalhes sutis que pessoas do tamanho 42 – ou fora dos padrões -  saberão muito bem entender. Mas o livro é indicado para qualquer tamanho, ok?

Eu só achei que o final poderia ter sido um pouquinho mais desenvolvido, mas minha insatisfação ligeira durou apenas até o instante em que descobri que Heather tem uma série toda dedicada para ela, o que pode trazer a possibilidade de desenvolvimento para esse final um tanto quanto “sei lá”.

Os próximos livros da série são: “Tamanho 44 Também Não é Gorda”; “Tamanho Não Importa” e “Tamanho 42 e Pronta Para Arrasar”. Não preciso nem dizer que estão todos na minha extensa lista de leitura desejada e que assim que estiverem lidos, vão estar aqui resenhados e recomendados, pois tenho certeza de que se tratando de Meg Cabot, é certa a indicação.

Recomendo portanto a leitura deste livro que é leve, divertido e você vai ler tão rápido que vai lamentar quando perceber que acabou.
Por hoje é só.
Beijos e até a próxima.

2 comentários

  1. "E depois, não sei como é que alguém pode achar um cigarro melhor do que uma barra de chocolate Butterfinger, então, se você vai fazer alguma coisa que não é boa para você, por que não escolher uma delícia crocante com amendoim?"

    “E não vou começar a comer salada sem molho se é o que eu preciso fazer para conseguir um homem... Não estou assim tão desesperada.”

    hahaha adoreeei as citações!!! Heather parece ser das minhas, ou melhor, das nossas né, Ju?
    Eu li o Diário da Princesa já há algum tempo, e lembro de ter gostado na época, embora agora não me lembre detalhadamente da história. Esse Tamanho 42 Não é Gorda parece ser muito bom, e, omg, lá vai ele pra minha lista de futuras leituras que só cresce e cresce!

    Beijos, Ju!!

    ResponderExcluir
  2. Pois é malu! Heather é demais e Meg Cabot está na minha lista Top de autoras preferidas, ao lado de Jane Austen e J.K.Rowling!
    Leia porque tenho certeza que você vai adorar!

    ResponderExcluir