17 de outubro de 2014

Um Vendaval de Emoções - Resenha de "Outlander - A Viajante do Tempo", de Diana Gabaldon

Fonte da Imagem: Blog Palácio de Livros


Título: Outlander - A Viajante do Tempo (Outlander)
Autor: Diana Gabadon
Tradução: Geni Hirata
Editora: Saída de Emergência
800 páginas

Ok. Eu ainda estou tentando me recuperar do choque. Sim, é o que este livro é: um choque.

Claire é uma mulher de 27 anos, que vive em 1945, feliz e casada com Frank Randall. Após o término da guerra, eles saem em lua de mel e vão para a Escócia. Lá Frank, que é historiador, fica à procura das raízes antigas de sua famíliae Claire se distrai com seu passatempo de colher amostras de flores. Uma noite os dois vão até um local onde presenciam um ritual antigo, tradicional, onde mulheres dançam dentro de um círculo de pedras. No dia seguinte, Claire volta ao local sozinha, para colher uma espécie de flor diferente que tinha visto. Quando se abaixa para colher a flor, o vento muda de maneira estranha e começa a bater mais forte. Claire então se sente envolvida pelo clima do local e, ao encostar em uma das pedras que formam o círculo, acaba transportada no tempo. Ela acorda no ano de 1743, sem ter a menor ideia de onde está e de como foi parar lá. E assim, sua aventura começa.

Há muito tempo eu não lia um livro que me prendesse desse jeito. Fui dormir muitas vezes quando já passava das 5 da manhã, porque simplesmente eu não conseguia parar. Comer para quê? Dormir pra quê? Eu tinha que saber o que vinha a seguir, o que ia acontecer com Claire e como ela ia se virar perdida num tempo que não era o dela, numa terra estranha, com um grupo de guerreiros escoceses e toda sorte de estranheza que se possa imaginar.
É até difícil de falar desse livro porque ele me tirou o ar. E não foi apenas uma vez.

"Outlander" chegou até mim através de um grupo chamado "Literatura de Época" do qual participo no Facebook. De tanto ver as meninas comentando sobre a série de TV que tinha sido lançada e de como ela era tão maravilhosa quanto os livros, larguei tudo o que estava lendo e fui atrás dessa obra que causava tanto fascínio em tanta gente.
Baixei todos os PDFs disponíveis e a série inteira e lá fui eu, me aventurar pela Escócia de 1743.
E não me arrependi um minuto sequer.

O livro é maravilhoso. Diferente de tudo o que já li. E além da obra de ficção e do romance, é um relato histórico maravilhoso. Diana Gabaldon escreve de maneira envolvente e consegue nos transportar para a época em que se passa a história, mesmo a gente não tendo a menor ideia de como era lá.

A história de Claire é cativante. Uma enfermeira do pós guerra de 1945, que vira curandeira em 1743.
Uma inglesa, vivendo no meio de um clã escocês em plena época de guerra Inglaterra X Escócia.
Uma mulher casada, apaixonada pelo marido, que se vê obrigada a aceitar um casamento com um jovem escocês, para poder sobreviver e tentar voltar para onde realmente pertence.
Jovem escocês esse que é um personagem apaixonante e que, mesmo que eu não tivesse visto a personificação dele na série de TV, teria me apaixonado por ele. 

"Permita então que beijos apaixonados permaneçam em nossos lábios. Comece a contagem até mil e cem. E mais cem e mais mil."

Jamie tem 23 anos e é um fugitivo. Acusado por um crime que não cometeu, se vê obrigado a viver escondido, para não cair nas garras do cruel e sádico "Black Jack" Randall. Capitão dos "Casacas Vermelhas" - o exército inglês - e ancestral do marido de Claire, Frank, Black Jack tem verdadeira obsessão pelo jovem Jamie, sendo o responsável pelas terríveis cicatrizes que Jamie tem nas costas.

"Eu sou senhor e você é minha senhora. Parece que não posso possuir sua alma sem perder a minha..."

E nesse vai e vem de emoções, Claire acaba se apaixonando por Jamie e é muito interessante observar como o amor dos dois vai se desenvolvendo. Jamie é muito engraçado e irônico e as provocações entre os dois são muito engraçadas. As juras de amor são as coisas mais lindas e a gente fica lendo com gostinho de quero mais. Fiquei impressionada também quando Jamie tem que mancar "machão" da casa. Mesmo sendo mais novo que ela, quando ele tem que se impor, ele se impõe. Ah, e como se impõe!

"Você é sangue do meu sangue e ossos dos meus ossos. Dou-lhe meu corpo, para que nós dois sejamos um só. Dou-lhe meu espírito, até o fim de nossas vidas."

Quando eu cheguei na parte do livro onde a série de TV parou, meu coração batia tão disparado que eu tive que me levantar no meio da madrugada e ir até a cozinha tomar uma água, respirar um pouco e me recompor. Há muito tempo um livro não me fazia sentir isso. E pode ter certeza que se é emoções fortes o que você procura, "Outlander" tem todas elas para te dar.

"Senhor, eu nuca tive coragem em minha vida antes, que eu a tenha agora.Permita que eu seja corajoso o suficiente para não cair de joelhos e implorar-lhe para que fique"

Enfim, eu mais que recomendo este livro. Na verdade é uma série, com oito livros já escritos, que já foram lançados há algum tempo no Brasil pela Editora Rocco e que agora estão sendo relançados pela Editora Saída de Emergência. O primeiro já está a venda e o segundo "A Libélula no Âmbar", sai agora em novembro (E eu já estou aqui contando minhas moedinhas para comprar os dois no Natal! haha).

Capa do segundo livro pela Editora Saída de Emergência

Na primeira vez que foram lançados os livros a partir do terceiro, foram divididos em duas partes cada. Não sei como a editora atual vai fazer, mas torço para que não os divida. Pelo primeiro livro, já pude ver que a história é maravilhosa, envolvente e eu preferiria ler cada parte dela toda de uma vez. No caso desses livros eu acho que quanto mais grosso, melhor! Segue aqui os nomes do terceiro em diante:

3-O Resgate no Mar
4-Os Tambores de Outono
5-A Cruz de Fogo
6-Um Sopro de Neve e Cinzas
7-Ecos do Futuro
8-Escrito no Sangue do Meu Próprio Coração (tradução livre de Written in my own heart´s blood)

Capas da Editora Rocco


E a autora está escrevendo o nono, que deveria ser o livro de encerramento da série, mas nada confirmado ainda quanto a ser mesmo o último.

Bom, não ficarei descrevendo muitos detalhes do livro porque não gosto de dar spoilers (Fui ler algumas resenhas por aí e acabei me dando mal por elas serem reveladoras demais), então só posso dizer que o livro é ótimo, é lindo (fui na livraria só para ver ele e ele é maravilhoso); a história é envolvente, é apaixonante, é diferente, é emocionante, é incrível e Fitzwilliam Darcy arranjou um concorrente dentro do meu coração (apesar de ainda ser Darcy o meu amor principal!).

Leia e viaje no tempo junto com Claire, caia nos braços de Jamie e eu garanto que vai ser praticamente impossível de você se arrepender.
Assistam a série de TV também. É lindíssima! E Jamie... Ah, Jamie...

Sem mais por enquanto, espero que tenham gostado e até a próxima!


4 comentários

  1. Eu tô louca pra assistir a série, mas queria ler os livros antes.
    Mas são tantos :O
    Preciso começar urgentemente.
    Adorei essa releitura da Saída de Emergência, ficou incrível.
    Beijos
    ♫ Conversas de Alcova ♫

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Kris!
      Obrigada por sua visita e comentário.
      Desculpe a demora em responder - estive com uns problemas de internet...
      Comecei a ler "Outlander" de tanto ouvir falar, caí nos braços de Jamie e não resisti.
      Agora é esperar passar a ressaca para poder conseguir ler o segundo, e o terceiro... e o quarto..
      Abraços!

      Excluir
  2. Com certeza você tem razão, o livro é um choque, ele acaba com a gente, ele nos vicia e nos arrebata totalmente. Gostei muito de sua resenha, cheia de sentimentos e verdades.
    Esse primeiro livro me deixou numa ressaca fenomenal e quando chegou o segundo aqui em casa eu estava com medo de lê-lo, medo de sofrer demais outra vez...kkkk
    Mas é assim, Diana nos faz apaixonar por seus personagens(Jamie \o/) e depois não damos conta de ficar sem ler todos os Outlanders que vierem por aí.
    Beijocas.
    Vivi
    Razão e Resenhas

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Viviane, que bom te ver por aqui!
      Eu fiquei numa ressaca monstra depois de ler esse livro. Fiquei em choque. Com vontade de fugir de dentro do meu coração que não parava de bater enlouquecido.
      Mal vejo a hora de ver o meu libélula chegando, para poder te dizer o que senti. Tô morrendo de medo de ler ele também, pois dizem que é o mais emocionante. Mas também já tô com muita saudade dos dois!
      O jeito é ler. fazer o que... Guenta coração!!!!
      Seja sempre muito bem vinda!!!

      Excluir