Projeto Blogagem Literária Coletiva e TAG "Livros ou travessuras?"


Imagem: google


Oiii!!

Seguinte, gente... Embora não faça parte do calendário nacional de comemorações aqui no Brasil, hoje é halloween!! Sim, o famoso dia das bruxas! rs Para comemorar esse data, resolvi fazer esse post que vai marcar de vez a entrada do T&R no Projeto Blogagem Literária Coletiva, idealizado pelos blogs Diário de uma Livromaníaca, Os Literatos e Chá e Livros. O projeto já está no seu segundo tema - aliás, não posso deixar de mencionar que foi através do Legeris Oculis que soubemos disso - e como ele consiste numa TAG, eu não podia perder a oportunidade, né? Sim, sou apaixonada por posts nesse formato. Assim, sem mais delongas, o tema de outubro, o segundo como eu disse no início, consiste em responder as dez perguntas que fazem parte da TAG "Livros ou travessuras?"  Vamos lá?


Bom gente, a Malu postou essa TAG e eu estou aqui invadindo para colocar as minhas respostas, que estarão logo abaixo das dela, escritas em cor diferente. espero que vocês gostem! #Ju

1°. Livro Drácula: Os vampiros são caracterizados por sugar o sangue alheio, cite aquele livro que sugou todas as suas forças, deixando você sem ar.

Ah, meupai! É inevitável! Apesar de outros livros me passarem pela cabeça nesse momento, todos perdem seu espaço diante de "Como eu era antes de você". Eu ainda nem me atrevi a fazer uma resenha sobre ele porque sei que quando parar para escrevê-la, vou sentir novamente todas as emoções que me invadiram durante, e mesmo dias depois da leitura. Sabe aquele aperto no peito e um nó na garganta? Pois é, "Como eu era antes de você" me deixou assim durante um tempão!

Essa foi fácil. O último livro que me sugou, roubou minhas noites de sono, esgotou todas as minhas forças e quase me fez enlouquecer, foi "Outlander: A Viajante do Tempo", de Diana Gabaldon. Eu assisti a série primeiro e fui ler o livro depois. Quando eu cheguei na parte onde a série tinha parado, tive palpitações! Foi ansiedade, foi angústia, foi desespero, foi raiva, foi amor... Tudo contido nas 800 páginas desse livro maravilhoso. A resenha dele você pode ver aqui

2°. Livro Fantasma: É de consenso geral que os fantasmas existem nas histórias de terror para assustar e assombrar a todos. Comente sobre aquele livro que te assombrou durante muito tempo.

"O Livro dos Médiuns", de Allan Kardec. Esse é um dos livros que fazem parte das obras básicas da Doutrina Espírita. Hoje ele não me assombra mais, pudera! rs Mas, quando eu ainda estava tomando os primeiros contatos com o Espiritismo, eu tinha medo até de olhar para a sua capa. E, mesmo quando tomei coragem de lê-lo, o receio que eu tinha de me tornar médium depois da leitura era enorme, sem contar o fato de que não o lia sozinha no meu quarto de jeito nenhum. Pura falta de conhecimento, né? rs


Eu não queria repetir livros nas tags, mas esse não tem como. "A Menina Que Não Sabia Ler", de John Harding, é sem dúvida um livro assombroso. Eu geralmente gosto de ler de madrugada, mas esse aí me fez trocar e ler mais cedo. Medo define.

3°. Livro Lobisomem: Tal qual a licantropia que passa de mordida por mordida, cite um livro que você gostou tanto que indicou a várias pessoas.

Aqui entraria "Como eu era antes de você" novamente. Mas para não ser repetitiva, vou responder com um outro que estou sempre indicando: "O Evangelho segundo o Espiritismo". Independe de qualquer credo que você abrace, esse é um livro que vale muito a pena!

Com toda certeza, este ano, indico a trilogia "Millennium", de Stieg Larsson. Maravilhosa história de intriga, corrupção e investigação policial; jornalismo investigativo... Um sucesso, que me conquistou. Eis aqui minha opinião sobre essa obra magnífica.

4°. Livro Bruxa: Bruxas são famosas por jogarem feitiços e maldições nas pessoas. Portanto, conte-nos qual livro que te enfeitiçou, pode ser tanto de forma positiva quanto negativa.

Completamente enfeitiçada pelo Mr. Darcy... ops... por "Orgulho e Preconceito"! hahaha Não tem como resistir aos encantos dele. Do livro, viu, gente? rs


Como a Malu já citou o feitiço maior da minha vida, que foi Jane Austen que lançou quando inventou Mr. Darcy, eu escolho meu feitiço eterno "Harry Potter", de J.K.Rowling. Esse me enfeitiçou, me enfeitiça e continuará me enfeitiçando eternamente. (Ninguém precisa saber, mas ainda espero encontrar a coruja desorientada que perdeu minha carta de Hogwarts...)
 
5°. Livro Frankenstein: Infelizmente, o Frankenstein é aquele personagem o qual as pessoas julgam pela sua aparência aterrorizadora. Em sua homenagem, comente aquele livro que a princípio você julgou mal pela capa, mas ao ler você acabou gostando da história.

"O Diário secreto de Laura Palmer". Ele tem uma capa bem sinistra, mas a história é cheia de suspense e por isso te prende do início ao fim! Muito bom!


"Estilhaça-me", de Tahereh Mafi. Ao olhá-lo, pensei que era mais uma historinhazinha de romance bobo adolescente, no estilo Crepúsculo. Mas dei uma chance, li e gostei bastante. Em breve resenharei a trilogia.

6°. Livro Zombie: O Zombie é aquele personagem clássico que não dorme. Qual foi o livro que te fez ficar acordado a noite toda sem conseguir parar de ler?

Aqui eu não posso não me referir a "Um motivo para viver". É um romance espírita, lindo, de te arrancar suspiros e desejar - de certa forma - estar no lugar da personagem Raquel, por mais trágica que seja a história dela. 


Para não repetir o "Outlander", vou citar "Deslembrança", de Cat Patrick. A ideia da autora nesse livro é muito interessante e a história é tão bem conduzida e intrigante que eu não conseguia parar de ler. Dormir pra quê? Resenha dele aqui

7°. Livro Gato Preto: Essa é aquela lenda que você não sabe se acredita ou não e acaba ficando confuso. Sendo assim, fale daquele livro que te deixou confuso, sem saber muito bem como reagir a ele. 

Já escrevi a resenha dele aqui e comentei inclusive sobre o quanto ele me deixou reflexiva, sem saber ao certo o que pensar. Sim, falo de "Lolita", gente. Até hoje não sei bem como definir o que sinto, penso a respeito dos protagonistas desse romance. 

"O Chamado do Cuco", de Robert Galbraith (pseudônimo de J.K. Rowling), me deixou meio sei lá.  Foi gerada tanta expectativa em torno desse livro, ainda mais por mim, que amo essa mulher por ter trazido Harry Potter ao mundo, mas não gostei da história. Achei óbvia demais. Descobri o assassino ainda no início do livro e devido ao andamento de tudo, achei um tanto incoerente as ações do mesmo. Sei lá. Fiquei decepcionada.
 

8°. Livro Fogueira: A fogueira foi a causa das mortes injustas de muitas “bruxas”, assim como um símbolo presente em várias narrativas de horror. Conte sobre aquele livro que acendeu uma chama interior e te deixou pegando fogo de tanta raiva.
O único livro de Nicholas Sparks que me deixou um tanto irada. É, Raimundo, estou quase certa que você vai discordar de mim, mas me refiro ao "À primeira vista". Tá, eu sei que Nicholas tem uma quedinha por finais ligeiramente tristes, mas tinha de pôr aquele final no livro, pôxa!

"A Verdade Sobre Nós", de Amanda Grace. O livro começou tão lindo, tão autobiográfico, me identifiquei com a Madelyn, amei as citações de Harry Potter (é gente não adianta, Harry está presente em tudo na minha vida!) e Jane Austen e achei que tinha encontrado um livro fantástico, que tinha tudo para entrar para meu hall de preferidos. Mas, contudo, porém, em determinado momento, a autora surtou e estragou tudo e me deixou com raiva pelo final que deu à história. Ela poderia ter conduzido as coisas de maneira mais suave, dando o mesmo final. Mas preferiu me fazer ficar com raiva do livro. Enfim...
   
9°. Livro Cavaleiro Sem Cabeça: Diz a lenda que o Cavaleiro que assombrava Sleepy Hollow perdeu a cabeça durante a Guerra da Independência dos EUA. Porém aqui o que faz perder qualquer parte do corpo são os livros, por isso, conte-nos sobre aquele livro que te fez perder a cabeça, ou seja, a compostura.

"A verdade sobre nós". Perdi a compostura com ele porque esqueci de mim mesma e mergulhei de vez nos sentimentos da Madelyn, personagem da história. Assim como desejei com "Como eu era antes de você", eu quis, quis muito, um final diferente para esse livro. Você pode ler a resenha dele aqui.


Com certeza "A Cabana", de William P. Young. Até agora estou tentando entender como é que o fato de alguém transformar Deus numa versão de Tia Nastácia, deveria tocar meu espírito e me fazer encontrar as profundidades espirituais de minha alma. Eu só posso ter perdido a parte do cérebro que me faria compreender isso, porque não entendi nada, não encontrei respostas, não me senti tocada divinamente por uma luz vinda do céu nem nada. 
 
10°. Livro Cemitério: O cemitério é um cenário clássico do Halloween e das narrativas de terror, ele é considerado um lugar terrivelmente calmo e silencioso, reservado para o sepultamento dos mortos. Para caracterizar o cemitério, cite aquele livro que você enterrou na sua estante, não terminou de ler ou nem mesmo começou, seja por ter esquecido ou por ter desanimado com a história. 

"A menina que roubava livros". Eu amo tudo que é relacionado à segunda guerra, sou fascinada por História que era minha matéria preferida no colégio, já li duas vezes o Diário de Anne Frank, mas, esse livro não me entrou de jeito nenhum. Não consegui chegar nem na metade dele, e sinceramente, apesar de não gostar de abandonar uma história, não tenho a mínima vontade de tentar lê-la novamente.

"As Crônicas de Nárnia", de C.S Lewis. Eu tenho o volume único, com todas as histórias. Quando ganhei ele, foi a maior empolgação. E eu fui lendo e fui lendo, até enjoar e deixar a última crônica para depois. E ela foi deixada lá até agora. Ainda não tive vontade de lê-la. Quem sabe um dia...

É isso, queridos! Estão aí minhas respostas! Talvez Ju apareça por aqui para concluir o post com as respostas dela, então, por ora, ficamos por aqui. Beijos e até a próxima!

E eu apareci mesmo! Até a próxima, pessoal!

Malu

Comentários

  1. Oi tudo bem?
    Nossa que legal esta TAG, muito criativa e divertida. Sempre tive vontade ler o "Como eu era antes de você", agora com sua indicação com certeza lerei rs. Bjus!!!
    http://www.magisbook.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oiiii! Tudo bem sim, obrigada, e vc?
      Então, eu sou fã de TAG's, ñ resisti quando vi essa lá no blog do Raimundo! rs
      E, sobre Como eu era antes de você, eu só posso te dizer: LEIA! Você não vai se arrepender!
      Obrigada pela visita! Beijos!

      Excluir
    2. Obrigada pela visita!
      Eu ainda não li "Como Eu Era Antes de Você", mas por tudo que ouço falar desse livro, ele deve ser maravilhoso!
      Quem sabe ele não fura a minha imensa fila de espera? haha
      Bjosss

      Excluir
  2. Oi, meninas!

    Parabéns e bem vindas ao PBLC!

    Malu, nunca seremos repetitivos ao nos referirmos a "Como eu era antes de você", nem a perfeição define. Também fiquei chocado com o final de "À Primeira Vista" e foi exatamente por isso que gostei tanto, porque ele mexeu comigo, com os meus sentimentos, com as minhas emoções.

    Ju, sou doidinho pra ler "Estilhaça-me", sinto que vou gostar. "A Verdade Sobre nós" também funcionou dessa forma comigo, me irritando. (rsrsrs). "A Cabana" até que me mostrou algumas coisas, mas não consegui me sentir envolvido e gostar da leitura.

    Abraços,

    http://legereoculis.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Raimundo, você foi um achado para nós! Obrigada!
      Pois leia "Estilhaça-me". vai que ele te surpreende como me surpreendeu?
      Tô indo lá ler sua Tag!
      Bjosss

      Excluir
    2. Ju,

      Sou eu quem devo todos os agradecimentos. Espero que goste das minhas respostas, ou não (no caso de Harry Potter)! hihihi

      http://legereoculis.blogspot.com.br

      Beijos!

      Excluir
    3. Primeiro quero dizer que concorco com vc, Ju. No que diz respeito ao blog litetario, Raimundo é quase o nosso cicerone! rs Valeu, moço!!!

      Bom, adorei as indicações Ju! Já comecei a ler Outlander, viu? Depois de ver a série, seria impossível não ler! :) E, Raimundo, todos os louros para "Como eu era antes de você", certo?!!! Rs

      Beijos procês!

      Excluir
  3. Olá meninas, adorei essa TAG em conjunto, é super divertida e sem contar que faz com que percebemos como temos gostos diferentes das pessoas que colaboram no blog.

    A respeito do livro 'A menina que roubava livros', achei o começo super massante, tedioso...mas persisti e chorei horrores...é uma leitura pesada que te deixa apreensiva, mas no final gostei de não ter desistido. Eu comprei o livro fazia algum tempo, mas nunca tinha vontade de ler...confesso que só comecei quando vi a propaganda da adaptação para os cinemas e quis ler por curiosidade...gostei.

    Adorei o blog, parabéns

    Beijokas da Quel ¬¬
    http://literaleitura2013.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Raquel pela visita e comentário!
      Também adoro tags, é bom para gente pegar umas dicas de leitura e ver as opiniões diferentes sobre livros que amamos ou não.
      Seja sempre bem vinda aqui!
      bjoss

      Excluir

Postar um comentário