A lista dos 5


 

Escrevi antes de ontem a primeira resenha do blog, esclarecendo que apesar de ter escolhido "A culpa é das estrelas" para ser o pioneiro dentre os livros que vão ser comentados aqui no T&R, nem de longe ele é o meu romance favorito. Na verdade preciso confessar que nem eu sei qual é esse livro, qual considero o melhor dos melhores. O que sei é que com muito custo e uma certa dor no coração, consegui criar uma lista que pode passar um pouco a noção sobre as minhas preferências literárias pra você que gasta um tiquinho do seu lindo tempo aqui... 

Então? Vamos à lista? Ela traz os cinco livros mais lindos que já li, e em relação à disposição em que vou colocá-los aqui, mais do que nunca vou me basear na sentença que diz que "a ordem dos fatores não altera o produto". É que meu carinho por cada um deles, por seus personagens, por cada história que eles encerram é e vai ser sempre o mesmo.

- Orgulho e Preconceito - Jane Austen: A primeira vez que tive contato com essa maravilha da Jane foi através do filme (homônimo), que traz o fofo do Mattew MacFadyen e a linda Keira Knightley interpretando o casal protagonista da trama. Isso foi mais ou menos em 2010, cinco anos depois do filme ser lançado, e de lá pra cá a minha busca pelo livro se tornou quase obsessiva. Esse ano minha irmã me deu "OeP" de presente, e se eu já era apaixonada pelo filme, o livro tomou de vez o meu coração. Nele a história é mais encantadora em todos os sentidos. Jane Austen consegue retratar como ninguém os sentimentos, valores, preconceitos e caráter humanos. Os lugares descritos, as emoções dos personagens, os diálogos entre eles, tudo nos prende e nos encanta. Acho que já deu pra notar que esse é um livro que eu muito recomendo, né? Só faço porem uma ressalva, que vocês meninas não se encantem muito pelo lindo Mr. Darcy. Ele já é meu! rs


 
- Persuasão - Jane Austen: Já me considerando uma "janiete", mergulhei na leitura de Persuasão. Não posso deixar de mencionar aqui que o meu lindo livro eu ganhei da Ju, o que me deixa ainda mais feliz quando o vejo entre os outros tantos que tenho na estante. Enfim, nesse outro romance, Austen conseguiu se sair tão bem quanto quando escreveu Orgulho e Preconceito. Sensíveis e intensos, Anne Eliot e Capitão Wentworth formam um casal que realmente nos inspira e faz acreditar que, apesar de qualquer coisa, se o amor for constante ele vai ser também imbatível.   

 

- Como eu era antes de você - Jojo Moyes: O que eu posso falar desse livro além do fato que de que ele mexeu com valores e convicções que, antes de conhecer a história de Will e Lou, eu julgava inquestionáveis?"Como eu era antes de você" é uma história densa, confesso até que triste demais pro meu gosto, o que não impede que ela seja impregnada com a dose exata de sensibilidade que a autora soube dosar tão bem em cada página do livro. 


 
 - Diário de uma paixão - Nicholas Sparks: Acho que sou suspeita demais pra falar sobre esse ou qualquer um dos livros de Nicholas Sparks. Sei que a escrita dele desperta um misto de amor e ódio nas pessoas que a conhecem mas, em mim, não existe conflito nenhum. Amo os livros dele, já assisti infinitas vezes os filmes baseados nas suas obras, e foi difícil escolher um favorito dentre eles. Dos seus filmes, sem dúvida nenhuma "Um amor pra recordar" vai ser sempre o primeiro da minha lista, todavia, em relação aos livros, e pelo menos por enquanto, "Diário de uma paixão" vem ganhando essa parada. Não tem como não se emocionar com a história de Noah e Allie, tem?  
 

 - As cartas de amor do profeta - Paulo Coelho: Esse é um livro escrito a partir das cartas escritas pelo famoso escritor Gibran Khalil Gibran, endereçadas àquela que parece ter sido o grande amor da sua vida, Mary Haskell. Todo em forma de cartas, acho que é esse o principal fato que sempre me faz colocá-lo nessa lista dos melhores. As palavras de Khalil são verdadeiramente encantadoras, do início ao fim.     

 Bom, agora com essa pequena relação, termino esse post por aqui, antes que caia na tentação de alterá-la. Como disse, apesar de ainda não ter lido a quantidade de livros que gostaria, já me foi bem difícil escolher qual, dentre os que li, comporia essa pequena lista. Se você já leu alguma das obras que mencionei, fala aqui no T&R o que você achou, a sua opinião... O espaço dos comentários está disponível justamente para essa "troca de figurinhas" que, além de alegrar o coração dessa criatura que vos escreve, só virá a acrescentar nesse espaço que também já é seu. :) Beijo, e até a próxima! 

Comentários

  1. Adorei seu top 5, Malu!

    Gosto demais dos livros de Nicholas Sparks, mas Diário de uma Paixão não foi uma leitura da qual gostei. Os livros de Jane Austen e Jojo Moyes estão ali na minha estante esperando sua vez de serem lidos. Já o último, o de Paulo Coelho, ainda não conhecia, quem sabe eu leia futuramente.

    Abraço!

    Blog: legereoculis.blogspot.com.br
    Facebook: https://www.facebook.com/legereoculis?ref=hl

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Raimundo!

      Obrigada!

      Então, vi o que você escreveu sobre o Nicholas lá no "LO", e que você adorou o livro "A escolha". Eu também gostei muito desse, aliás, ele é um, acho, cujo o final foge um pouco do estilo "sparksiano". Quanto ao "Diário de uma paixão", eu realmente me encantei, dos dele - Nicholas - é um dos mais envolventes na minha opinião. O amor de Noah transborda das páginas e não tem como não sentir com ele todas as emoções da relação entre ele e Allie.

      Mas, deixando o Nicholas um pouco, se eu puder te sugerir algum desses livros que citei, sem dívida nenhuma serão o da Jane Austen. Por se tratar de literatura de época, a gente até tem a impressão que a leitura é rebuscada e cansativa, mas te digo que não é não. Se você arriscar, aposto que vai se encantar! Eu acho... rs

      Obrigada pela visita! Até outra hora!

      Excluir
    2. Pois é, Malu!

      O livro já tenho, mas sempre fico procrastinando quando se trata de clássicos. Mas lerei sim.

      Estarei sempre passando por aqui!

      Excluir

Postar um comentário